Tratamento de capricórnio

Print this page
Print

Tratamento da madeira contra os capricórnios: interesses e etapas

Inseto de larvas xilófagas, o capricórnio, cujo nome grego é Hylotrupes bajulus (que perfura a madeira), é da família dos Cerambycidae pertencentes à ordem Coleoptera. A sua larva, apreciadora de madeira de espécies resinosas, especialmente já trabalhada (isto é, sem casca e maquinada), desenvolve-se assim voluntariamente nos materiais de madeira das habitações. Portanto, a aplicação de um tratamento anticapricórnio adequado permite aos elementos de madeira utilizados nas instalações interiores e na estrutura do edifício, sejam mais resistentes às larvas xilófagas dos capricórnios.

 

Desenvolvimento das larvas de capricórnio em materiais de madeira

Uma vez colocadas na madeira, as larvas de capricórnio alimentam-se de celulose, o que resulta em danos que podem levar à perda de resistência mecânica das peças de madeira atacadas. No caso de uma estrutura, por exemplo, é necessário ter em conta o afundamento da cobertura.

Uma larva de capricórnio mede 3 a 22 mm no final do seu desenvolvimento. O estado larval de um capricórnio é de 3 anos em média. Pode durar até 10 anos, dependendo da exposição da peça de madeira que ocupa (humidade e temperatura ambiente) e da sua composição (valor nutricional). Evolui a uma velocidade média de 8 a 10 mm por dia na madeira.
Os capricórnios em estado larval são detetados através de serradura sob a forma de pequenos cilindros e, por vezes, furos ovais de 8 a 10 mm na superfície da madeira. Um barulho de roedura também pode ser ouvido.
No final do seu período larval, o capricórnio transforma-se numa ninfa, e através de um orifício, deixa a peça de madeira no estado de inseto perfeito, o que significa que é capaz de se reproduzir, e depositar novas larvas na madeira. O seu tempo de vida enquanto inseto perfeito é de aproximadamente vinte dias.

O tratamento da madeira contra larvas de capricórnio

O tratamento da madeira contra as larvas de capricórnio realiza-se por aplicação à superfície e, no caso de um ataque avançado, por injeção.
A aplicação do tratamento de superfície cria uma barreira eficaz na peça de madeira, que impedirá que as larvas se desenvolvam após a postura. De facto, o capricórnio acede ao material a partir do exterior e coloca as suas larvas em ranhuras ou buracos presentes na superfície da madeira.

A injeção do tratamento na madeira é efetuada quando as peças de madeira são atacadas por larvas de capricórnio. Uma vez na madeira, o tratamento terá uma ação inseticida sobre as larvas. É preferível tratar também por injeção os diferentes elementos que constituem o conjunto de madeira (tais como estrutura, mobiliário, etc.). Nem sempre é possível identificar em todos as peças de madeira a presença de larvas que evoluem no interior da madeira.

Por último, a aplicação de um produto de tratamento da madeira contra o capricórnio, aplicado por um profissional certificado, garante que os materiais de madeira tratados tenham um nível de desempenho suficiente para resistir às larvas xilófagas de capricórnio durante pelo menos 10 anos.